Estágio‎ > ‎

FAQ (Perguntas Frequentes)

1. Quais são as modalidades de estágio?

O curso de Engenharia de Computação da UEFS prevê duas modalidades de estágio curricular:

Estágio Obrigatório, necessário para o aluno se graduar no curso e que ocorre quando este se matricula em um dos componentes curriculares de estágio;

Estágio Não-Obrigatório, uma atividade opcional que o aluno pode realizar durante o curso e que pode ser contabilizado para carga horária de atividades complementares. Segue procedimento semelhante ao estágio obrigatório, mas pode ser realizado quando o aluno tiver 15% da carga horária total do curso e não há necessidade de matrícula em componente curricular.


2. Estou estagiando e não tenho contrato de estágio, e aí?

Ambas modalidades de estágio devem ser formalizadas perante a universidade. Estágio não formalizado não é estágio. 

Todo estágio é curricular e precisa ser acompanhado pela universidade. Não existe estágio extra-curricular.

Seu estágio só vai começar a contar quando tiver um contrato. Seu contrato terá como data inicial o momento em que foi autorizado pela coordenação de estágio. Não pode ser retroativo a um período não autorizado.

Preencha e envie o formulário de solicitação de estágio juntamente com seu plano de trabalho. Veja passo-a-passo.

3. No estágio serei responsável por digitação de algo, por preencher planilhas eletrônicas, ou atividades que não precisava estar cursando um curso superior de computação, tem problema?

Suas atividades precisam ser adequadas à formação do curso de engenharia de computação. Se o que você vai fazer no estágio envolve somente digitar algo em um sistema, ou preencher planilhas do excel, ou fazer atendimento telefônico, e não há nada além de atividades simples que não precisa de conhecimentos da formação de engenharia de computação, então seu estágio não será autorizado. Na dúvida, escreva um email para a coordenação de estágio estagio@ecomp.uefs.br informando quais atividades estão previstas.

4. Qualquer pessoa na empresa pode ser meu supervisor de estágio? 

Seu supervisor precisa ter competência na área de atuação do estágio para orientar as atividades. Poderá comprovar isso através de diploma graduação ou pós-graduação, ou declaração de experiência assinada pela empresa, ou currículo assinado pelo supervisor, ou documento similar. Será necessário apresentar documentação comprobatória de competência do supervisor.

5. Vou fazer Estágio Obrigatório mas a matrícula já passou, ou estou matriculado e não iniciei ainda, e agora?

A solicitação de Estágio poderá ser apresentada a qualquer época do calendário universitário. Em qualquer caso, para realizar Estágio Obrigatório, todo aluno deve atender os pré-requisitos e ter sua solicitação de realização do estágio aprovada pela Coordenação de Estágio (veja passo-a-passo). O estágio passa a contar a partir da autorização da coordenação de estágio.

No caso do início do Estágio Obrigatório não coincidir com o período de matrícula do semestre letivo (por exemplo, iniciar no meio do semestre), o aluno obriga-se a formalizar o Estágio junto à Coordenação de Estágio e matricular-se no componente curricular adequado no semestre seguinte. Mesmo neste caso, o aluno deve atender aos mesmos requisitos de estágio como se estivesse matriculado (incluindo limite de carga horária e necessidade de dedicação exclusiva para estágio integral).

O início do Estágio Obrigatório pode acontecer um tempo depois da matrícula, mas deve ser concluído dentro do período letivo, conforme calendário da universidade. Neste caso é importante, verificar a carga horária do componente curricular matriculado e a jornada semanal. O estágio em tempo parcial tem carga horária de 300h, e para o contrato de estágio de 20h semanais são necessárias pelo menos 15 semanas, já o estágio em tempo integral tem 480 horas e com contrato de estágio de 32h semanais são necessárias pelo menos 15 semanas. Basta dividir a carga horária do componente curricular pela jornada semanal em horas. 


6. O que é o Contrato de Estágio (Termo de Compromisso e Termo de Convênio) ?

A Empresa ou Organização Concedente do estágio (obrigatório ou não) deve formalizar um convênio de estágio curricular através de um Termo de Convênio com a UEFS, antes de poder contratar alunos da UEFS como estagiários.

Haverá uma formalização da realização de Estágio Curricular através de um Termo de Compromisso individual para cada estagiário, assinado por este e pela Organização Concedente do Estágio, com a anuência do Professor Coordenador. 

Compete ao Colegiado cuidar da formalização dos Termos de Convênio e do Termo de Compromisso. Estes Termos são exigência da lei federal e devem existir para todos estágios, obrigatório ou não.


7. O estágio sempre é remunerado?

A lei de estágio diz que "O estagiário poderá receber bolsa ou outra forma de contraprestação que venha a ser acordada, sendo compulsória a sua concessão, bem como a do auxílio-transporte, na hipótese de estágio não obrigatório." e "A eventual concessão de benefícios relacionados a transporte, alimentação e saúde, entre outros, não caracteriza vínculo empregatício.

Assim o estágio não-obrigatório deve ser sempre remunerado, mas o estágio obrigatório, matriculado na disciplina de estágio, pode ser sem remuneração.



8. Estou trabalhando como funcionário contratado/servidor público/profissional autônomo/sócio de empresa, posso pedir equivalência?

No caso de estágio obrigatório, os alunos empregados em empresa privada, funcionário público, profissional autônomo ou sócio de empresa poderá solicitar equivalência ao estágio, caso a atividade seja pertinente a formação do aluno, e devem seguir procedimentos específicos, veja ao final do passo-a-passo.



9. Quais são os critérios para autorizar o Estágio Curricular (obrigatório ou não obrigatório)?

- o Formulário de Solicitação de Estágio deve ser entregue, preenchido adequadamente.

- o Plano de Trabalho deve ser elaborado adequadamente, apresentando atividades compatíveis com a formação em Engenharia de Computação;

- o Termo de Compromisso estiver devidamente acompanhado da descrição das atividades no Plano de Trabalho a serem realizadas no Estágio , além do nome e cargo do Supervisor do Estágio Curricular na Organização Concedente, com a devida comprovação de experiência ou formação deste na área de atuação do estagiário;

seguro contra acidentes pessoais contratado pela empresa em favor do estagiário, cujo número da apólice deve constar no termo de compromisso;

- a jornada semanal seja de, no máximo, 40 horas e, no mínimo, 32 horas, para os componentes curriculares TEC 427 e EXA 827 (Estágio em Tempo Integral);

- a jornada semanal seja de, no máximo, 30 horas e, no mínimo, 20 horas, para os componentes curriculares TEC 428 e EXA 828 (Estágio); 

- o horário e o número total de horas semanais para desenvolvimento do Estágio Curricular seja compatível com a carga horária acadêmica do aluno e com o horário dos componentes curriculares em que o mesmo estiver matriculado no semestre em que o Estágio Curricular (obrigatório ou não) será realizado;

- o aluno deverá ter cursado no mínimo 50% da carga horária total do curso para poder o Estágio Obrigatório.

- o aluno que se matricular em TEC 427 ou EXA 827 (Estágio em Tempo Integral) não poderá se matricular em outros componentes curriculares no mesmo período (conforme resolução da UEFS e também artigo 10 da lei federal).

O estágio obrigatório em tempo parcial tem carga horária de 300h, e para o contrato de estágio de 20h semanais são necessárias pelo menos 15 semanas, já o estágio em tempo integral tem 480 horas e com contrato de estágio de 32h semanais são necessárias pelo menos 15 semanas. Basta dividir a carga horária do componente curricular pela jornada semanal em horas.



10. Qual documentação a ser entregue?

Siga o  passo-a-passo.


11. Como dever ser elaborado o Plano de Trabalho?

Siga o modelo.

O Plano de Trabalho de Estágio Curricular deve ser elaborado pelo aluno considerando-se na sua estrutura formal, os critérios técnicos estabelecidos nas normas da ABNT(Associação Brasileira de Normas Técnicas) sobre documentação, no que forem eles aplicáveis.

A estrutura do Plano de Trabalho de Estágio Curricular compõe-se de, pelo menos: 

pré-textuais: folha de rosto; folha de aprovação. 

textuais: objetivos; atividades a serem desenvolvidas; metodologia; cronograma; ambiente de trabalho (descrição da empresa e das condições de trabalho); 

pós-textuais: referências bibliográficas, quando necessário; anexos (quando for o caso); assinatura do Supervisor.

Recomenda-se a seguinte formatação: papel tamanho A4; espaço simples entre linhas e de 0,5 linha entre parágrafos; fonte times 12 (texto); margens: superior 2,5cm / inferior 2,5cm / esquerda 2,5cm / direita 2,5cm / numeração de página no fim de página. Não use quebra de página entre as seções textuais.

IMPORTANTE: Descrevam o que vocês realmente poderão ou irão fizer, essa é a parte mais importante. Podem até descrever outras atividades que são realizadas pela equipe na qual trabalharam para contextualizar, mas o mais importante são SUAS atividades. Não precisam estar alocados em um projeto específico, basta deixar claro as atividades que serão/poderão ser de sua reaposabilidade. Podem usar a primeira pessoa do singular (EU) para detalhar suas atividades.


12. Como dever ser elaborado o Relatório Final?

Siga o modelo.

O Relatório Final de Estágio Curricular deve ser elaborado pelo aluno considerando-se na sua estrutura formal, os critérios técnicos estabelecidos nas normas da ABNT sobre documentação, no que forem eles aplicáveis.

A estrutura do Relatório Final de Estágio Curricular compõe-se de, pelo menos:
pré-textuais: folha de rosto; folha de aprovação.
textuais: introdução; descrição das atividades desenvolvidas; considerações finais (ou conclusão);
pós-textuais: referências bibliográficas, quando necessário; anexos (quando for o caso); assinatura do Supervisor.

O Relatório Final deve ser elaborado relacionando-se e referenciando o Plano de Trabalho.

Recomenda-se a seguinte formatação: papel tamanho A4; espaço simples entre linhas e de 0,5 linha entre parágrafos; fonte times 12 (texto); margens: superior 2,5cm / inferior 2,5cm / esquerda 2,5cm / direita 2,5cm / numeração de página no fim de página. Não use quebra de página entre as seções textuais.

IMPORTANTE: Descrevam no seu relatório o que vocês realmente fizeram, essa é a parte mais importante. Podem até descrever outras atividades realizadas pela equipe na qual trabalharam para contextualizar, mas o mais importante é uma descrição do que VOCÊS fizeram. Usem a primeira pessoa do singular (EU) para detalhar suas atividades.

O Relatório Final deve ser acompanhado da Ficha de Avaliação do Estágio Curricular (veja abaixo) (para o Supervisor na empresa).
Comments